100 fatos (aleatórios) sobre mim.

3 de abril de 2011
Quem tem twitter sabe que rolou aquela brincadeirinha de postar 100 fatos sobre você, suas atitudes, o que você pensa. Enfim, eu achei a idéia muito bacana e quis brincar também, entretanto, eu acho suuuuuper chato tomar a timeline das pessoas que me seguem pra dizer esse tipo de coisa. Por isso, vou postar aqui! Lê quem quiser, yeap. 


1. Eu sou mimada, teimosa e muito - muito mesmo! - turrona, se você um dia na sua vida me fez dar o braço a torcer, cara, você é foda. :) 


2. Eu acredito e confio em Deus. Talvez não no Deus que todo mundo acredite, talvez não no Deus que cada igreja prega. Mas sim, em um Deus, maior que todo o mal que existe no mundo. O criador do amor, o dono do amor maior. Não acredito em inferno. 


3. Acredito que o meu maior defeito é a sinceridade. Sinceridade ácida, áspera e nada agradável. Todos os meus amigos costumam dizer que se eu quero dizer uma coisa, eu não procuro a melhor forma de dizer, eu simplesmente digo e com isso (como diria Clarice): Firo facilmente


4. A minha maior qualidade é a Lealdade (as pessoas que eu amo e aos meus princípios). 


5. Já fui chamada de Mamãe! Confesso que eu fiquei completamente sem reação, tomada por emoção bem peculiar, não sabia se explicava pra criança que eu não era a mãe dela, ou se assumia o meu estado de graça. 


6. Escrever é meu maior refúgio, onde eu encontro comigo. Tem uma frase do Caio Fernando Abreu que explica bem isso: 

"Foi indo assim, por necessidade de escrever. Quando eu escrevo consigo ordenar tudo o que eu penso. Agora quando eu falo, ou quando eu sou, simplesmente não consigo ordenar nada. Eu sou da maneira mais caótica possível". 
E seguindo nessa linha, vem a música. Palavras são, definitivamente, o descanso da minha alma no caos que é existir. 


7. Eu já ouvi várias vezes que eu sou a pessoa mais ciumenta do mundo


8. Posso contar nos dedos de uma única mão quem são as pessoas que realmente me conhecem.


9. Eu fiquei dois meses da minha vida sem falar palavrão. 


10. Normalmente as pessoas quando completam 18 anos ficam felizes porque poderão tirar a carta (pra quem não é paulista lê-se: carteira de motorista), entretanto a minha felicidade tem outro motivo: eu vou poder saltar de pára-quedas, sonho de infância. 


11. As pessoas que nascem na cidade de São Paulo, são Paulistanas. As pessoas que nascem no estado de São Paulo, são Paulistas. Mas, eu sou Paulixta! (Uma paulista com alma e chiado de Cariocas, adogo.)


12. Se a minha família não fosse tão chata e conservadora e eu não me importasse tanto com eles, eu teria pelo menos umas cinco tatuagens.


13. Me considero uma pessoa altamente criativa. 


14. Eu tenho centenas de piadas internas, com meus amigos e comigo mesma. Cuidado, eu posso sim estar rindo de você e não para você. 


15. Acredito que a combinação de Gêmeos e Leão (meu signo e meu ascendente, respectivamente) descrevem com perfeição minha personalidade.


16. Eu sou Fã da atriz e escritora Juliana Lohmann, do tipo que chora, do tipo que ama, do tipo que acompanha. Minha eterna Diva/Vida. Tenho foto e livros autografadas e uma pequena cartinha. E quando eu for pro Rio, conhece-la-ei. Uma amiga minha conheceu ela num show essa semana e ela perguntou porque eu não fui. 






17. Eu conheço o Marcelo Tas pessoalmente, morram de inveja. >.<"


18. Eu não conheço o Rio de Janeiro, mas isso muda em breve. Trust Me. 


19. Eu estou me organizando pra viajar pra Salvador, Baêa. No fim do ano! Party in the S. A. Pra festejar a formatura da minha boneca. *-*


20. Já encontrei pessoalmente pessoas que eu conheci na internet, a Becka Cupaiolo é um exemplo disso. E ela me entregou um autógrafo da Tati Bernardi (com meu nome escrito certo, lindo isso!). 


21. Eu não sei receber elogios de terceiros. Sempre fico supeeeer tímida e parece que eu sou um polvo, nunca sei o que fazer com as minhas mãos (e elas curiosamente sempre acabam por tampar meu rosto!).


22. Eu sou praticamente o portfólio completo da minha xuxuuh. 


23. João Pedro Sampaio, um fotógrafo talentosíssimo e tão querido quanto, disse que eu tenho tipo de modelo (lê-se: sabe fazer carão) e pediu pra me fotografar quando eu fosse ao Rio. (Faz tanto tempo que nem sei se ele ainda quer, haha! Mas, estamos aí viu João?)


24. Acredito que o John Mayer é um homem pra se casar, sobretudo se for comigo. 


25. O meu primo me deu um beijo de língua quando eu tinha três anos de idade, ele era/é bem mais velho que eu (como quase todos são). Até então nem os meus melhores amigos sabiam disso, tenso. ;x


26. Meus melhores textos foram escritos na madrugada e as pressas, depois disso passei a acreditar em inspiração. 


27. Eu passei em segundo lugar, pra Direito. E por obra do destino (será?) não estou cursando.


28. Eu passei pra segunda fase do vestibular da Fuvest e por saber que teria problemas ao me mudar pra São Paulo, não fui fazer a prova.


29. Quem me auxiliou na escolha do curso de Direito foi meu ex namorado, que é formado. A justificativa que me convenceu foi o "leque de opções".


30. Quando eu escuto: "Nossa, sua voz é linda" eu entendo: "Nossa, que voz de puta". 


31. Eu tenho uma irmã adotiva e pretendo um dia adotar uma criança. É um amor imenso, lindo e gratuito. 


32.Sou do tipo de pessoa que se não dormir pelo menos 8hs numa noite, é como se não tivesse dormido nada. Pareço criança, com sono, fico (mais) chata, briguenta e implicante.


33. Minha primeira paixão (foi a mais platônica de todas) aos 5 ou 6 anos de idade. Foi pelo cantor Chris Duran. 


34. Confesso que abri agora o site oficial dele e meus olhos marejaram, ele é lindo! E atualmente é pastor. 


35. Caras barbados fazem - definitivamente - o meu tipo. 


36. Eu só puxo o 'r' caipira perto de pessoas que falam como eu e faço isso sem notar.


37. Já fui amiga de um usuário de drogas, o verbo está conjugado no passado porque ele se suicidou. 


38. Perdi a conta do número de vezes que eu ouvi "Love the way you lie". 


39. Um garoto já se ajoelhou na minha frente e disse segurando a minha mão: "eu te entrego a minha vida". Eu não sabia se corria, se fazia ele se levantar... quis morrer!


40. Adoro promoções do tipo: "Ganhe", mas nunca ganhei nada. haha


41. Eu acredito em almas gêmeas. E sou. 


42. Sou do tipo de pessoa que não sabe fingir que gosta de alguém.


43. Ando viciadinha em músicas internacionais, Inglês e Francês. Mas, isso não muda a condição de eu ser apaixonada por MPB. 


44. Eu tenho um violão há 8 anos e a única música que eu toquei nele até hoje foi: "Pra não dizer que não falei das flores". 


45. Além de mim, apenas duas pessoas tocaram músicas nele.


46. Quero, um dia, lançar um livro. (yn)


47. Eu queria estudar cinema, mas minha mãe me proibiu. /todoschoram


48. Acho ridículo namorado e namorada que se chamam de vida quando se tem apenas uma semana ou um mês de namoro. Minha vida vale mais que isso, trust me. 


49. Já ouvi no meio da rua que eu sou mulher pra casar. 


50. Já ouvi "O seu cabelo não é liso assim mesmo?" Não, não é. 


51. Meu quarto é lilás, meu painel de fotos é lilás... minha vida é lilás. 


52. Eu não acho pizza um alimento tão sensacional quanto a maioria das pessoas do universo. É bom e ponto. 


53. Já toquei flauta e já quis fazer aula de Sax. 


54. Sou formada em AutoCAD e minha ferramenta favorita é o trim, desde a primeira aula. 


55. Eu chorei absurdamente quando o cantor Leandro, da dupla Leandro & Leonardo, morreu. E choro até hoje ouvindo "Não aprendi dizer adeus", "Catedral", homenagens e tributos. 


56. Eu fui a única neta do meu avô materno a receber um anel (ou qualquer outra coisa) de ouro dele. Ele é lindo, tem uma pérola em cima. Ganhei aos 3 anos de idade e penso em reformá-lo para que caiba outra vez no meu dedo. 


57. Eu tinha babá quando era pequena. E adorava pedir pra elas fazerem coisas que as ocupassem, para que eu fizesse arte.


58. Nessa mesma época eu bebi perfume. 


59. Minha casa foi furtada em Outubro do ano passado e eu fiquei muito assustada. Até hoje, não fico sozinha em casa sem ter certeza que todas as portas estão trancadas. 


60. Adoro cozinhar coisas que eu adoro comer, justo não?


61. Não sei limpar a casa se eu não estiver ouvindo música.


62. Eu faço qualquer coisa ouvindo música.


63. Sou maluca, alucinada, apaixonada, louca... pela cidade de São Paulo.


64. Tenho um envelope onde guardo todas as cartas que recebi. E também algumas que escrevi e não mandei.


65. Não tenho nenhum tipo de relacionamento (saudável ou não) com meu pai biológico. Vi ele duas vezes na vida.


66. Caio Fernando Abreu ainda vive pra mim, em sua obra. E estou em contato com ele quase todos os dias, é uma espécie de mentor. Quando preciso de conforto, de uma resposta ou qualquer coisa do tipo, é ele que eu procuro. E sempre encontro.


67. Faço aniversário no dia 06/06, assim como o único homem que eu amei na minha vida (como homem). :


68. Desde pequena sempre quis ter 21 anos, não sei porque. Mas, algo me diz que algo importante acontecerá. 


69. Cazuza foi o tipo de pessoa que eu gostaria de ver mais vezes nos dias atuais. Ele se entregava a tudo, como poucos fazem.


70. Vienna do Billy Joel é a música da minha vida. 


71. O Diário de uma Paixão é o filme da minha vida.


72. O Pequeno Príncipe é meu livro favorito. Li ele cerca de 6 vezes só no ano de 2009.


73. Eu me sinto completamente a vontade ao falar de sexo. 


74. Uma garota no último ano do ensino médio disse que eu era uma fofolete. Até hoje não sei se isso foi um elogio.


75. Brigo com as minhas amigas quando elas se apaixonam pelo cara errado. 


76. Eu sou uma defensora dos homossexuais, se você falar mal deles perto de mim, considere-se um ser-humano (será que você merece esse título?) morto. 


77. Eu sou mediúnica.


78. Eu sou apaixonada por sapatos e lingeries. Provavelmente eu gaste a maior parte do meu dinheiro com isso.


79. Eu cresci ouvindo Tim Maia, a voz dele me arrepia até hoje. 


80. "Drop Dead Diva" série transmitida pela Sony é a minha favorita.


81. Sou apaixonada por fotografias.


82. Se eu tiver um filho homem, ele se chamará Frederico. 


83. Eu gosto que as coisas sejam feitas invariavelmente do meu jeito. 


84. Às vezes eu digo não apenas pelo prazer de dizê-lo. 


85. Pedir desculpas é uma coisa que eu não sei fazer direito.


86. Eu tenho uma alma completamente perua. 


87. Quando eu era pequena eu fui a um show da Ivete Sangalo, era/sou/sempre serei apaixonada por ela. E fui impedida de entrar porque eu era muito nova, tinha 3 ou 4 anos e nunca vou me esquecer do quanto eu chorei. E pirracenta que sou, fiquei ouvindo o show do lado de fora. Por ela, faria isso MIL vezes.


88. Subway e Palha Italiana são meus vícios. 


89. Sou dengosa, manhosa e dramática! Adoro atenção e carinho. 


90. Sou "casada" com quatro mulheres. 


91. E não, não sou lésbica.


92.Eu sou chorona.


93. Todos os meus amigos recebem apelidos. E ai de quem chamar pelo mesmo apelido que eu!


94. Eu tenho medo de morrer afogada. :'(


95. Insetos me deixam histérica.


96. Eu xingo o juiz até quando ele não está roubando.


97. Eu odeio ser chamada de Letícia. Só tem uma pessoa no universo que tem essa permissão. 


98. E sim, a Letícia que vezenquando dá as caras por aqui é uma personagem autobiográfica.

99. Eu adoro fazer/receber cafuné.


100. Eu sou Tricolor, torço, com muito orgulho pro FluMEUnense. 





2 Comentários, mas sempre cabe mais um. :):

Fernando Montuan disse...

acho que eu não conseguiria reunir cem fatos importantes sobre mim (sou pessimo em auto-descrição rs),
Mas gostei, muito criativa a ideia (:

Leandro Barros disse...

Eu te amo! Coisa pequena mais gigante do mundo!