Vinte e Cinco do Doze de Dois Mil e Doze. ♥

25 de dezembro de 2012

Tenho medo de me tomar repetitiva quando escrevo sobre você, mas hoje é indispensável que eu o faça, hoje é natal e muitas pessoas desejam receber em mãos um ou muitos presentes e eu? Eu tenho você. Este é o primeiro Natal que eu não pedi nada, nem pro Papai Noel ou para qualquer outra pessoa, justamente por isso, porque recebi você e o recebi tão antecipadamente que não sei se foi presente atrasado do Natal passado ou adiantadíssimo deste. Tudo bem, o que importa é que você está aqui, na minha vida, dando mais emoções aos meus dias. Se eu puder então, de forma ousada, fazer um único pedido, eu te peço que fique – ainda que eu te peça para ir embora algumas vezes, fique sempre. Para sempre.
         Um dos sentimentos mais bonitos que eu conheço é o de gratidão e é dele que eu transbordo, além do amor, quando eu penso em você. E, por mais que eu já tenha te dito que não procurava por você quando entrou na minha vida sem, sequer, pedir licença; era exatamente (sem hipérbole alguma) de você que eu precisava. Eu amo o brilho dos seus olhos enquanto me olham e a forma como você me escuta atentamente, sempre, posso estar falando de algo irrelevante ou gravíssimo. Eu amo envolver meus braços no seu pescoço e apertar com força, pra sentir o seu corpo junto ao meu e ainda mais, quando depois disso, seu cheiro fica na minha pele. Eu amo saber que posso contar com você, que no fim das contas, você estará ali para mim, que você vai, mas sempre volta e que ninguém atura tão pacientemente a minha TPM como você e nenhum kit kat me adoça tanto a vida quanto o seu sorriso que me faz sorrir.
         Amor, espero ter muitos natais para responder que não quero presente algum, se posso ter você. Espero que você seja sempre o vocativo pelo qual eu chamarei. Sou grata por ter você em minha vida, sou grata por ser merecedora de cativar alguém tão especial e eu sempre estarei aqui, para o que quer que seja que você precise. Espero ter muitas datas especiais para te lembrar o quanto você é amado e bem quisto por mim.
         Posso pedir outra coisa? Volta logo pra eu te esmagar de abracinho e ficar garradinha em você até você enjoar de mim? Te amo! Te amo! Te amo!


p.s. DIOTA, não é pra todos. É só você. Sempre você. Meu diota. ♥ 

1 Comentários, mas sempre cabe mais um. :):

Anônimo disse...

Lendo estas lindas palavras, penso que você veio como um presente de Natal atrasado, porque o presente deste Natal eu quero uma dose tripla da minha Jo...
Estar com você, sentir este sorrisão se abrindo pra mim, teu cheiro, teu gosto... Tudo isso me deixa ainda mais apaixonado, e tudo isso acompanhado do nosso abraço e nosso beijo então? Putaquepariu! Rs
Te amo minha, simplesmente minha!