Uma história sobre almas.

26 de maio de 2013
Sou uma hipérbole que consta no cadastro de pessoas físicas deste país. Coleciono alguns medos e se visto uma armadura é porque eu já me feri o bastante. São poucos em quem eu confio ao ponto de contar como foi meu dia e como eu me sinto diante de cada coisa, mas meus olhos me entregam em quase todas as situações em que eu me encontro ou me perco. Tenho bons relacionamentos com as pessoas, porque, apesar de tudo, eu sou apaixonada por elas e estou sempre disposta a ouvir o que cada um tem a dizer. Ninguém está acostumado a lidar com gente assim, com a sensibilidade exacerbada e que sorri para qualquer um na rua.
Mas, um belo dia a vida me deu de presente você. Como não aceitar? Sempre cuidadoso com as palavras e com tudo aquilo que te cercava. Nunca conheci alguém tão interessante em cada detalhe e me deu argumentos fortes o bastante para que eu pudesse enfrentar meus medos e de repente eu tinha a sensação de lidar com alguém que assustadoramente me conhecia melhor que eu mesma.
Tá chegando aquela época lembra? Em que você e eu, há anos, comemoramos juntos. Ainda que distantes. Você sempre vem para dizer e me lembrar coisas que às vezes não sei se acredito, mas que quando saem da sua boca tornam-se mais confiáveis. Teus afagos poéticos são os maiores presentes que a vida me entrega, de mãos beijadas, ano a ano. No aniversário, que há muito não é só meu. Dividi com você muitas outras coisas. Assim como você o fez: dividiu parte da sua história e das coisas que são só nossas. Você, eu e uma história sobre almas.
De um jeito que eu não sei explicar, por razões que eu desconheço: eu sempre vou te amar.

2 Comentários, mas sempre cabe mais um. :):

Milene Cristina disse...

Mesmo distantes, juntos. Há em minha vida uma pessoa assim. Vejo como presente, esse encontro de almas é verdadeiramente pra sempre.

Ariana disse...

"mas meus olhos me entregam em quase todas as situações em que eu me encontro ou me perco."

Sou exatamente assim, meu olhar me entrega.
Acho que encontrei alguém assim também, mas esta perto.
Felicidades sempre!

Beijos