25 de outubro de 2008
Que ouse criticar quem nunca se pegou pensando, questionando o que se passa na mente das outras pessoas... o pior, é que a maioria das pessoas não sabe nem o que se passa consigo mesmo. Não, não, de maneira nenhuma isso foi uma crítica, uma acusação.. até porque, eu não esconderia os meus problemas, pra poder criticar os outros.. esse é o meu espaço, eu quero falar só sobre mim aqui. E é isso que eu estou tentando fazer, sou humana.. logo mutável, como diria um amigo muito abusado, porém mais especial ainda.
Eu já passei por muita coisa na minha vida e se tem algo que eu sei muito bem, é que eu sou completamente inconstante.
Não em relação as pessoas, e sim - em relação ao que eu sinto.
Uma hora, extremamente feliz, alguns minutos depois completamente enfurecida, mais um tempo depois, não sei porque estava feliz, nem o que me tirou do sério, só sei.. que aconteceu.
E eu, acho que isso não acontece só comigo, acontece com todo mundo... Mas eu sinto que eu sou alheia a todos, diferente mesmo. Não melhor, nem pior... eu estou conscia de que não posso e nem nunca poderei julgar as atitudes de alguém.
É como se tudo ao meu redor, mudasse a cada instânte.. e daqui alguns instantes eu não reconhecerei mais nada... essas palavras não serão esquecidas por mim de maneira alguma, elas de uma forma ou outra, são a minha realidade.
Os meus sonhos não ficarão expostos ao leo. E como canta Lulu Santos em Apenas mais uma de amor, 'Se amanhã não for nada disso, caberá só a mim esquecer.. eu vou sobreviver.'
Só tem uma coisa, que nunca, nunca, nunca mudou - A forma, de como as músicas - falam por mim.
As músicas, os poemas, os poetas.. a arte de escrever, está em mim. E como se corressem em minhas veias, no meu DNA propriamente dito. Nem que eu lute, esqueça.. uma hora qualquer, quando eu menos espero, vem isso e eu preciso me expressar, cantar, escrever.. ser as palavras de uma forma concreta e abstrata. É, eu sou um paradoxo.
Tenho certeza, que ao terminarem de ler isso, nada na vida de vocês mudará... mas na minha, ao entregar a caneta ao papel, está mudando muita coisa.


A minha querida e mais que amada, vontade de me expressar.

1 Comentários, mas sempre cabe mais um. :):

Pequena :) disse...

Gente, fofo o blog :p
Ariane | Homepage | 11.02.08 - 11:35 am | #


Único post de agosto:

TE AMO DEMAIS, E NADA MAIS IMPORTA! ♥
Renato ( Thomas Carter ) | 09.13.08 - 7:01 pm | #
________________________________________
Seu blog ta lindo.
Vai no meu e deixa um coment.
Talvez você possa ser o destaque da semana...
Ari | Homepage | 09.16.08 - 8:51 pm | #