Incompreensível.

26 de fevereiro de 2009

"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo. Sim, existir é incompreensível e excitante. As vezes que tentei morrer foi por não poder suportar a maravilha de estar viva e de ter escolhido ser eu mesma e fazer aquilo que eu gosto - mesmo que muitos não compreendam ou não aceitem."

Caio, o grande, Fernando Abreu.




É incrível como ás vezes, ou quase sempre... ele me entende.

6 Comentários, mas sempre cabe mais um. :):

Jéssica disse...

Nada melhor do que encontrar obras de outras pessoas que sejam a nossa cara.
Adorei o seeu novo laay, ta a SUA cara, TUUUDO muuito roxo :D

Te amoo BB, eu to morrendo de saudades (L)

Fã número 1 ;] disse...

Pegando carona no comentário da Jéssica, tem uma amiga que me lembra você, amor. Tudo dela é roxo. Tão bonitinho *-* Roxidão (?) à parte, o blog continua lindo, Love *-* Bem como os fragmentos que você escolhe e o jeito que você os traz para um plano ainda mais real e próximo de quem lê. Sei lá... Eu posso até não vir aqui todos os dias, mas é incrível como eu sempre me identifico com o que leio quando você manda o link. É um momento tão bom do meu dia, sabe? *-*
Futura escritora (L) :*

Ju Vrech disse...

Um bom poema é aquele que nos dá a impressão de que está lendo a gente ... e não a gente a ele!
- Mário Quintana


"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo."

Achei isso demais. E eu tô me apaixonando por Caio, por influência sua.


:*'s

Lara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
polegarzinha disse...

oi joyci!!

vim retribuir a visita, e dei de cara com um blog lindo.
=)
parabéns.
obrigada pelos elogios...

beijos

Just Smile disse...

Amor, seu blog é lindo *-* Eu te amo muito, viu? Adorei tudo nele, não li muito, pra ser sincera eu só li esse post e a metade do outro... mas mesmo assim, sabe que sou sua fã quando o assunto é texto né? Adoro tudo que você escreve! Te amo tanto *-*