Escuta-te.

15 de maio de 2009
O que se sabe de tão pequena e frágil criatura? O que se espera saber? Não sabem, não imaginam o quão frágil é este coração. Apesar de grande que é, é delicado. Mil máscaras ela pode usar. Mas mil verdades virão a tona quando lágrimas escorrerem pelos teus olhos. Pequena és, guerreira és, frágil fostes. Não te deixam mais sê-lo, dizem que você tem que suportar, dizem que você tem que ser capaz, dizem que o amor é algo que você tem de sentir, dizem que você não pode machucar. É um falatório sem fim, tentam guiar teus passos... tentam fazer com que você acredite ser o que não é. Você é só um pedaço da verdade nesse mundo, um grão de areia dessa praia. Mas eu, eu que moro dentro deste coração grande, mas também frágil peço que não pague pelos erros das outras pessoas, conselho não é nada do que uma previsão, um palpite. Se é pra seguir o que é incerto, siga o seu incerto, o seu desejo. Se é para errar que seja por você, afinal você é quem vai pagar no fim. Não permita que brinquem com você, você foi criada para ser feliz. Você não é nada senão as suas vontades, não vale à pena viver se não for por você mesmo. Corra quando sentir vontade, ame quando sentir medo, grite quando ficar nervosa, brigue quando não for justo. Não acostume-se, na vida você verá mil e tantas outras injustiça, mas não cruze seus braços, não disseram que você era capaz? Te deixaram com medo? Não, não, não. Isso também não é justo. Você, só você deve decidir o que te deixa com medo. Se te disserem que é bobagem, siga! São as bobagens que dão o charme a vida. É aquele sorvete no fim de tarde em frente ao mar, depois de um beijo doce que vai fazer tudo valer à pena, é a reconciliação de todas aquelas brigas que dão sentido. São aquelas gargalhadas que você soltou quando te contaram a piada do pássaro que não ria que quando caiu do ninho rachou o bico é que vai colorir o céu mais cinzento! Não se esqueça, bem ou mal Deus vai estar com você. Ah, já te falaram tanto nesse Deus né? E que mal faz acreditar? Nenhum. Não pense duas vezes antes de pular de pára-quedas. Eu que moro dentro do seu coração sei que é o seu maior sonho, sentir a liberdade em você mesmo que por poucos instantes, sentir a adrenalina subir a mil. Lembra de quando você teve medo de ir na montanha russa? Não doeu. Lembra quando você foi naquele brinquedo que te virou de ponta-cabeça e você achou que ia morrer? Você nem vomitou, boba! Você é capaz, eu sei que é! Eu acredito em você, acredito de dentro pra fora... Faça a prova pro vestibular, coma bastante chocolate e não se preocupe, se você não passar no outro ano tem de novo, de novo, de novo. Você adquire experiência, ninguém é melhor do que ninguém. Só será seu quando chegar a hora, mas quando será a hora? Você vai saber, fique tranquila. Você está tranquila, não está? Não ligue se eles não gostam do esmalte vermelho, se acham-no vulgar, você gosta não é? E quem é que tem que se sentir bem? Você é responsável pela felicidade de quem mesmo? A vida é agora, não é depois do almoço, você tem que viver. Jura pra mim que não vai esquecer? Não esqueça também na tarde no interior ao lado de alguém muito especial, não esqueça do dia que você chupou manga e ficaram farpas no seu dente, não esqueça de quando você foi pra padaria só pra comprar chocolate, não esqueça daquela voz... justamente aquela que faz você suspirar. Não esqueça. E quando precisar de outra conversa eu, e meus milhares de fragmentos estarei aqui.


Com amor, carinho e atenção... sua alma.



-


Tem coisas que só nossa alma sabe nos dizer como ninguém. ;)

8 Comentários, mas sempre cabe mais um. :):

meus instantes e momentos disse...

muito bonito teu blog. Ótimo texto.
Foi bom vir aqui.
tenha um feliz final de semana.
Maurizio

Gabriela Castro disse...

Tudo o que eu precisava 'ouvir'
Adorei!

bom fim de semana!
beijão

Debbys disse...

tipo assim, LINDO!!!
Nossa, sério, emocionei aqui, porque ficou tão perfeito esse texto... tava meio q caindo de sono, até acordei!!
bjussss

Paulinha disse...

Lindo o texto *-* Ouvir a alma? Essa é nova.
Beijinhos.

Ju Vrech disse...

"Tô" em falta, tô sabendo. Tô em falta contigo, comigo, com a minha alma e com muitas coisas mais.
E lendo seu texto, tive que demorar pra comentar (o que não costuma acontecer, sempre leio e já sei o que escrever, o que elogiar ou 'criticar'). Dessa vez foi diferente, me tocou mais fundo do que o normal, me deixou de quatro atrás do que minha alma vem me pedindo há tempos e eu venho me negando a fazer. Não tinha pensando nisso ainda, fato! E muito do que sua alma te disse, a minha alma por vezes tem gritado e pindurado cartazes luminosos, me pedindo atenção.
"...Você é capaz, eu sei que é! Eu acredito em você, acredito de dentro pra fora..."
Me falta isso, fato. Minha alma tem gritado pra que eu cesse essa falta, e eu tenho me negado a cessar. Tenho me escondido atrás de bobagens que não me dão forças pra seguir.
Isso me lembrou um filme com Will Smith, - A Procura da Felicidade.
Quando ele vira e diz pro filho dele
- Ei, nunca deixe ninguém te dizer que você não pode fazer alguma coisa.
(...)
-SE VOCÊ TEM UM SONHO TEM QUE CORRER ATRÁS. As pessoas não conseguem vencer e dizem que você também não vai vencer. SE VOCÊ QUER ALGUMA COISA, CORRE ATRÁS.

"...Você é responsável pela felicidade de quem mesmo? A vida é agora, não é depois do almoço, você tem que viver..."



Falou tudo. FATO!

te amo, ♥

Vanessa disse...

AMEI! Guria, vc escreve muito bem!
Adorei os textos q li aqui!
Esse em especial!
Vou vir aqui sempre!!
Vc não é apenas um grao de areia nessa imensidão de blogs q existem!

:*

*Lusinha* disse...

Passando só para responder o comentário, depois volto para comentar o post: ainda bem que o site resolveu logo meu assunto. Eu tive sorte nessa história toda. :)
Bjitos!

*Lusinha* disse...

Lindo texto!
É um pouco disso que tento manter em mente para seguir: as pessoas fazem com a gente aquilo que permitimos que elas façam.
Mas, às vezes, é tão difícil controlar...
Bjitos!